Noticiário Cearense

Crime organizado poderá vir a destruir açudes importantes e estações elétricas no Ceará

12 de janeiro de 2019

O estado sofre com uma onda de violência sem precedentes, governador Camilo Santana está jogando duro contra a bandidagem.

undefined

 

O estado do Ceará vem sofrendo há mais de 10 dias com uma forte reação terrorista imposta pelo crime organizado, diversas estruturas do estado já foram alvos de atentados e muitas outras estão sob forte ameaça do crime organizado. Já passam de 300 o número de presos com algum envolvimento nestes atentados.

Pontes, viadutos, prédios públicos e transportes já foram alvos dos bandidos nesses últimos dias, porém, nas últimas horas aumentaram os rumores de que bandidos possivelmente teriam interesse em deixar os cearenses sem água e sem luz. O alvo agora seriam importantes açudes, adutoras, canais e subestações de energia elétrica.

Toda essa revolta começou quando o governo do estado do Ceará resolveu apertar o cerco para tentar acabar de vez com o crime organizado dentro das penitenciárias cearenses, fazendo assim com que o crime se enfraqueça também do lado de fora do sistema carcerário.

Informações dão conta de que o açude do Castanhão, Gavião I e II, Canal da Integração e subestações importantes estariam na mira dos criminosos. Outra informação que chama bastante atenção é que pontos turísticos também estariam sob ameaça, no caso a estátua de Padre Cícero em Juazeiro do Norte e a de São Francisco na cidade de Canindé.

 

Tomara que o Ceará volte a ter dias de paz, pois somos a terra da luz e não a terra das trevas. Fica aqui o nosso apoio ao governo do estado do Ceará e ao governador Camilo Santana, como também o nosso agradecimento ao governo federal, em especial ao Ministro Sérgio Moro