Noticiário Cearense

Jericoacoara e Prainha do Canto Verde estão entre as unidades de conservação atingidas pelo óleo

11 de outubro de 2019

Outras dez unidades de conservação ambiental no Nordeste brasileiro foram identificadas com o problema.

undefined

Duas unidades de conservação ambientais no Ceará estão na lista das unidades federais atingidas pelas manchas de óleo no Nordeste: o Parque Nacional de Jericoacoara, em Jijoca de Jericoacoara e a Reserva Extrativista Prainha Canto Verde, em Beberibe. A identificação foi feita pelo Instituto Brasileiro de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 

Outras dez unidades de conservação no Nordeste brasileiro foram identificadas com o problema, entre elas a Área de Proteção Ambiental Barra do Rio Mamanguape, na Paraíba; a Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais, em Pernambuco; o Parque Nacional Lençóis Maranhenses, no Maranhão; e a Reserva Extrativista Marinha Lagoa do Jequiá, em Alagoas.

 
De acordo com o chefe do Parque Nacional de Jericoacoara, Jerônimo Martins, o óleo chegou no dia 24 de setembro mas atualmente toda a região está livre da contaminação. "Não tem mais óleo aqui. A mancha estava na pedra do Frade, um pouco antes da pedra Furada. Depois, no dia 26, a mancha tinha chegado na praia da Malhada e na praia principal em frente à vila. No dia 27 de manhã ainda tinha sinal de óleo mas depois disso não teve mais", afirma

O governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará (SEMA), anunciou nessa quinta-feira (10) que continuará o monitoramento das praias mediante uma força tarefa formada por diversos órgãos, assim com a limpeza das áreas afetadas. Na próxima terça-feira (15), uma nova reunião do grupo de trabalho apresentará o diagnóstico atual do litoral e os próximos encaminhamentos.