Noticiário Cearense

Não consigo acreditar que ela não vai voltar", diz companheira de Marielle.

19 de março de 2018

undefined
A companheira de Marielle Franco, Monica Tereza, deu entrevista ao Fantástico na noite desse domingo, 18. A arquiteta contou que o último contato foi pelo celular, quando a namorada estava no carro, minutos antes do assassinato. "Não consigo acreditar que ela não vai voltar", afirmou.
"Ela mandou: 'Já tô no carro. Você tá precisando de alguma coisa? Precisa que eu leve alguma coisa?' Eu falei que não. Entrei em casa, eu liguei e ela não atendeu. Liguei de novo. Aí liguei mais uma vez, liguei mais 20 vezes", relatou.
Monica Tereza disse que soube da notícia com a chegada de uma amiga na residência, enquanto ela tentava ligar para Marielle. "Eu perguntei: O que aconteceu? Cadê a Marielle? Ela respondeu: Você precisa ser forte. A Marielle morreu".
Entre idas e vindas, Marielle e Monica já estavam juntas há 12 anos. Elas planejavam casar em 2019.
"Tudo pensado com muito carinho porque a rotina dela era muito difícil. Tudo a gente foi construindo com pouco. Uma hora comprava um tapete porque era o que dá pra comprar com a grana, outra hora comprava outro objeto", contou.
Pai, mãe, irmã e filha de Marielle também falaram ao Fantástico.